Fisioterapia Uroginecológica

Fisioterapia Uroginecológica

Atua no tratamento conservador das disfunções urogenitais, como:

Incontinência Urinária – Perda involuntária de urina. Existem vários tipos de incontinência urinária (IU), sendo as mais frequentes na mulher a IU de esforço, IU de urgência, IU mista e IU por transbordamento. A Fisioterapia Uroginecológica é um método não invasivo de tratamento, de baixo risco, pouco dispendioso e pode se constituir numa estratégia de tratamento efetiva e conservadora na recuperação das funções fisiológicas, causando uma melhora da musculatura do assoalho pélvico.
Comprovadamente, 80% das incontinências podem ser curadas, ou melhoradas e, quanto mais precoce for o inicio do tratamento, maior será a chance de sucesso.

Disfunções Sexuais – A sexualidade é capaz de influenciar a saúde física e mental e pode ser afetada por fatores orgânicos, emocionais e sociais. O transtorno de qualquer uma das fases da resposta sexual (desejo, excitação, orgasmo e resolução) pode acarretar o surgimento de disfunções sexuais. A fisioterapia hoje atua como um dos tratamentos de primeira escolha para essas disfunções, principalmente nas causas musculares como o vaginismo (contração involuntária da musculatura do assoalho pélvico, que impede a relação sexual) e a dispaurenia (dor durante a relação sexual), tendo como principais objetivos o equilíbrio da musculatura pélvica, alívio da dor, a melhora da vascularização e função perineal.

Prolapsos Genitais – A musculatura do assoalho pélvico (MAP) tem por função sustentar os órgãos da pelve, como a bexiga e o útero, e controlar a micção, evacuação e relação sexual. O prolapso genital consiste na fragilidade e eventual rompimento da MAP permitindo que um ou mais desses órgãos desçam pelo canal vaginal. O tratamento pode ser cirúrgico, para o reposicionamento dos órgãos, ou conservador, como a fisioterapia, na tentativa de regressão do prolapso principalmente pelo fortalecimento da MAP, capaz de melhorar sua sustentação dos órgãos pélvicos. A fisioterapia pélvica tem grande benefício na prevenção de prolapsos genitais, através de exercícios para restaurar a força e resistência da MAP, e também para obter melhores
resultados associados ao tratamento cirúrgico.

×

Fale conosco pelo Whatsapp

× Agendamentos e contato